Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





compulsão alimentar e bulimia

 

Você já imaginou se você tiver um problema grave com compulsão alimentar?

Em um estudo recente, que estive a ler tinha informação sobre o tratamento da bulimia nervosa e compulsão alimentar.

Bulimia é definido como 2 ou mais episódios de consumir uma grande quantidade de comida em 2 horas ou menos pelo menos duas vezes por semana por um período de 3 meses.

 

Esses episódios podem ser seguidos por vômitos (propositados) ou limpando (com laxantes ou diuréticos) e pode alternar com o jejum e exercício compulsivo.

As pessoas que sofrem de bulimia muitas vezes acham este comportamento como vergonhoso e guardam segredo.

Transtorno de compulsão alimentar tem chegado tido também mais atenção nos últimos tempos, pois ela está sendo considerada como um diagnóstico psiquiátrico.

As pessoas que sofrem desta condição customam ter os seguintes sintomas (várias vezes por semana não sendo meramente ocasional).

 

Comer muito rápido
comendo até desconfortavelmente cheio
comer quando não tá com fome
comer sozinha
sentindo repugnância ou culpado depois

 

Uma vez que a maioria da população tem provavelmente estes sintomas o verdadeiro problema é a frequencia com os mesmos são manifestados mostrando assim se estamos perante algo descontrolado ou não.

 

Você pode se alimentar compulsivamente, mas teria de o fazer de forma bastante regular para ser considerado Transtorno de compulsão alimentar.

Muitas pessoas apresentam em alguns destes comportamentos o tempo todo. As pessoas que vivem sozinhas muitas vezes são obrigadas a comer sozinhas grande parte das vezes por isso não se alarme e analise a situação se achar que isto lhe acontece.

 

Você pode não ser gordo e ter compulsão alimentar. Este aspecto é importante para perceber que nem sempre este disturbio está associado com pessoas com excesso de peso.

 

Fazer dieta não é necessariamente parar de comer e está é geralmente vista como sendo parte do problema, e não da solução.

O corpo resiste a fazer dieta, metabolismo diminui e fica cada vez com mais apetite, normalmente acompanhada por uma intensa preocupação com a comida, ansiedade e depressão.

 

Se você está lutando com bulimia ou compulsão alimentar grave, deverá buscar ajuda e obter o apoio que você merece. Não mantê-lo em segredo. Você não precisa de ser um heroi e sofrer sozinho.

 

Se você se tiver alguns hábitos de compulsão alimentar, junte-se ao clube.

Você pode aprender a mudar todas essas condutas, mesmo discreta a moderada compulsão alimentar pode trazer problemas para o seu corpo por isso coma moderadamente.

Autoria e outros dados (tags, etc)







Posts mais comentados






eXTReMe Tracker